sábado, 26 de março de 2011

Curitiba possui único mercado Municipal do País só de Orgânicos



O mercado nasceu para incentivar o plantio e o consumo sem agrotóxicos e também para evitar a contaminação dos rios que abastecem a cidade.

Flor de sal indica novas tendências e dá sabor a manteiga temperada







A fina flor do sal“, matéria escrita pela repórter Janice Kiss e publicada na revista Globo Rural deste mês, mostra um produto genuinamente brasileiro, feito pela empresa Cimsal (Comércio e Indústria de Moagem e Refinação Santa Cecília Ltda).

A  flor de sal de mais prestígio ainda é a importada, mas aos poucos a produção nacional vai ganhando lugar entre os “comilões” brasileiros – hoje a oferta desta empresa já soma três toneladas anuais.

Para a nossa surpresa, uma matéria do jornal britânico The Guardian também deste mês mostra que, com a produção de diferentes tipos de sais, um novo profissional está surgindo: o semelier. Assim como  o sommelier está para os vinhos, o semelier  auxilia na escolha do sal correto para acompanhar diferentes tipos de comida nos restaurantes. Afinal, as variedades são tantas  – flor de sal de diversos tipos, sal defumadosal do Himalaia… – que vale a pena indicar novas texturas e sabores aos clientes.

O mercado parece estar atento às tendências e de olho no caminho do sal e suas variações.
Aproveitamos para mostrar uma maneira simples e prática de uso da flor de sal. Na receita abaixo, você vai ver como aperfeiçoar a sua manteiga com o ingrediente e temperá-la para usar em preparos de carne e entradinhas.



Manteiga temperada com flor de sal, alecrim e pimenta-rosa

Ingredientes
1 colher de sopa de pimenta-rosa
1 colher de sopa de alecrim
1 colher de chá de flor de sal
150 gramas de manteiga
Preparo
Pique a pimenta-rosa e o alecrim com a ajuda de uma faca ou use um pilão para triturar. Em uma tigela, coloque a manteiga e acrescente a pimenta e o alecrim picados e a flor de sal. Misture e coloque em um plástico filme. Enrole e guarde na geladeira por cerca de duas horas ou até ficar firme. Retire e use para finalizar carnes ou como patê em torradinhas.
(Fotos: Hanny Guimarães)
Siga o Picadinho no Twitter em @blogpicadinho

quarta-feira, 23 de março de 2011

Pesquisa realizada em Mato Grosso revela contaminação de leite materno

E ainda acham os alimentos Orgânicos caros...

Mofo no Pão


Este comentário foi publicado no Grupo " Máquina de Pão" do qual faço parte, uma pessoa mandou email para o grupo, dizendo que usa anti-mofo para o pão não estragar assim  ele dura muito tempo.
Saboreiem por favor o comentário abaixo desse LUCIDO integrante do grupo. 

Prezados, sem querer começar uma guerra, por favor, estamos entre amigos,
mas me sinto na obrigação de fazer uma ressalva...

Uma das grandes vantagens de comprar uma máquina de pão, além da óbvia que é ter pão fresco a hora que se quiser, é poder fazer pães mais saudáveis. A comer um pão com melhorador de massa, anti-mofo, estabilizante, emulsificante, acidulante, espessante, e todos os "antes" que estão disponíveis, eu compro pão industrial, que dá trabalho zero e está sempre no ponto perfeito...

Um treco que mata mofo certamente que não vai ser muito bom pro nosso metabolismo. Digo isso com a tranquilidade de ter desenvolvido em laboratório dois compostos antifúngicos baseados na pirimidinotetrona e
olha, o que esse treco faz com as cobaias de teste é uma tristeza... mesmo nas doses microscópicas que se usa no pão, há efeito metabólico apreciável.

Pior é que geralmente esses compostos são lipossolúveis (para poderem penetrar na cápsula do fungo) e assim ficam armazenados em nossa gordura, e com o tempo temos um lindo acúmulo de porcaria no nosso corpitcho lindjo que Deus deu... Eu tenho um conhecido que trabalhou muito tempo com esses compostos e quando começou a fazer um ritmo mais forte de treinamento começou a ter problemas de pele e acabou desenvolvendo uma hepatite medicamentosa por conta dessas toxinas que estavam "guardadas" na gordura corporal e foram se reintegrando na corrente sanguínea conforme ele consumia a gordura nos treinamentos... foi o único caso de lipoaspiração não-estética que eu vi em muitos anos... pra livrá-lo dos compostos foram retirando parte de sua gordura progressivamente em várias sessões de lipo... ficava zoando o cara que nesse ritmo ele ia acabar Rainha de Bateria do Salgueiro... rsrsrs

O que eu recomendo é que se você não estiver consumindo num ritmo suficiente e tiver pão mofando, não ponha anti-mofo, mas sim faça pães menores - inclusive dá para fazer a massa, dividir em dois, fazer uma metade e congelar a outra, por exemplo... eu estou com um hábito de fazer as massas, moldar e congelar já divididas e moldadas, quando vou assar pra receber alguém eu pego massas de pães variados e asso na hora, em vez de fazer um só pão grande...

Um grande abraço a todos, tenham um 2011 crocante, macio, perfumado e modelado de acordo com seus desejos!

Luis Mendonça

quinta-feira, 17 de março de 2011

Ministério da Justiça processa indústrias que não informam presença de transgênicos em alimentos


Uma ação coordenada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça em diferentes regiões do país identificou pelo menos dez produtos alimentícios que usam ingredientes transgênicos em suas composições, mas essa informação não é apresentada ao consumidor. Com isso, caracteriza-se o descumprimento das regras de rotulagem para produtos que utilizam organismos geneticamente modificados (OGM). A fiscalização foi feita em parceria com os Procons de São Paulo, Bahia e Mato Grosso. As empresas responsáveis responderão a processos administrativos do DPDC, instaurados nesta quarta-feira (16).
Os produtos onde foi constadada a presença de transgênicos sem a respectiva informação no rótulo são: biscoito recheado Tortinha de Chocolate com Cereja (Adria Alimentos do Brasil), farinha de milho Fubá Mimoso (Alimentos Zaeli), biscoito de morango Tortini (Bangley do Brasil Alimentos), bolinho Ana Maria Tradicional sabor chocolate (Bimbo do Brasil), mistura para bolo sabor côco Dona Benta (J. Macedo), biscoito recheado Trakinas (Kraft Foods), biscoito Bono de morango (Nestlé), barras de cereais Nutry (Nutrimental), mistura para panquecas Salgatta (Oetker) e Baconzitos Elma Chips (Pepsico do Brasil).
Os testes foram feitos por um laboratório credenciado pelo Ministério da Agricultura e os resultados apontaram substâncias transgênicas no milho e na soja usados como ingredientes dos produtos listados. Os processos foram instaurados com base no descumprimento do Código de Defesa do Consumidor e do Decreto 4.680/2003, que estabelece a obrigatoriedade de informar no rótulo do produto a presença de OGM em quantidade superior a 1%.
O Código de Defesa do Consumidor há vinte e um anos estabelece que a informação é um direito básico do consumidor e uma obrigação do fornecedor. Assegura a transparência nas relações de consumo e garante ao consumidor o exercício pleno de escolha”, explicou a diretora do DPDC, Juliana Pereira.
Reportagem da Agência Brasil, publicada pelo EcoDebate, 17/03/2011

segunda-feira, 14 de março de 2011

“Rápido e cheio de energia”, mas sem nenhum nutriente…




O artigo Rápido e cheio de Energia  da Pat Feldman como sempre está primoroso, aliás vale muito uma visita bemmm demorada ao site dela: CRIANÇAS NA COZINHA
Realmente quem preza por uma alimentação saudável para si e sua família, quando ouve falar em macarrão instantâneo fica com os cabelos em pé. Bem, mas para tudo tem solução: uma alternativa é em vez do macarrão instantâneo poder usar cabelinho de anjo, tem aditivos químicos também mas menos. Um requeijão caseiro em cima e um queijinho ralado na hora, garanto que fica muito gostoso. A criançada lá em casa come com gosto!
Não sabe fazer requeijão caseiro, então corra lá nos Industrializados do Blog da BioCulinária e aprenda a fazer.



domingo, 13 de março de 2011

Palestra ALIMENTO CERTO, SAÚDE NA CERTA





Instituto Medeiros Centro de Energia Vital convida:
Palestra  ALIMENTO CERTO, SAÚDE NA CERTA
com Nadia Cozzi   - Consultora de Alimentação Consciente e Desenvolvimento Pessoal
 Sábado - 19 de março de 2011 às 15 horas

Temas abordados:

A Energia dos Alimentos e sua importância na manutenção da Saúde Vital.
O que é Alimento Certo?
Como se alimentar corretamente comendo fora de casa.
Os Cinco Sentidos e sua relação com a Alimentação.
Projeto de uma Vida plena e feliz. 
Apresentação do Curso Alimentação Consciente um Projeto de VIDA.

Duração: 1 hora e 30 minutos
Café e degustação de Alimentos Orgânicos.
Investimento: R$ 20,00

Inscrições mediante depósito bancário.
Informações: (11) 5533-0276 / 3885-1148 / 9158 - 4451 ou pelo email nacozzi@hotmail.com


Nadia Cozzi - criadora dos Blogs:

quinta-feira, 10 de março de 2011

Coincidência no formato dos vegetais e órgãos humanos?

É, no mínimo, intrigante...
E estão ao alcance da mão, sem efeitos colaterais!
Uma fatia de cenoura parece um olho humano. A pupila, íris e linhas raiadas são semelhantes ao olho humano... e SIM, a ciência agora mostra que a cenoura fortalece a circulação sanguínea e o funcionamento dos olhos.

Um tomate tem quatro câmaras e é vermelho. O coração é vermelho e têm quatro câmaras. Toda investigação mostra que o tomate é de fato um puro alimento para o coração e para a circulação sanguínea.

As uvas crescem em cacho que tem a forma do coração. Cada uva assemelha-se a uma célula sanguínea e toda a investigação hoje em dia mostra que as uvas são também um alimento profundamente vitalizador para o coração e o sangue

Uma noz parece um pequeno cérebro, com hemisférios esquerdo e direito, cerebelos superiores e inferiores. Até as rugas e folhos de uma noz são semelhantes ao neo-córtex. Agora sabemos que as nozes ajudam a desenvolver mais de 3 dúzias de neurotransmissores para o funcionamento do cérebro

Os feijões realmente curam e ajudam a manter a função renal e sim, são exatamente idênticos aos rins humanos.

O aipo,o ruibarbo e outros são idênticos a ossos.

Estes alimentos atingem especificamente a força dos ossos. Os ossos são compostos por 23% de sódio e esses alimentos têm 23% de sódio. Se não tiver sódio suficiente na sua dieta o organismo retira sódio dos ossos, deixando-os fracos. Esses alimentos reabastecem as necessidades do esqueleto.



Berinjelas, abacates e pêras ajudam a saúde e o funcionamento do ventre e do cérvix feminino - eles são parecidos com esses órgãos. Actualmente a investigação mostra que quando uma mulher come um abacate por semana, equilibra os hormônios, não acumula gordura indesejada na gravidez e previne cânceres cervicais.

E que profundo é isto?... Demora exatamente 9 meses para se cultivar um abacate da flor à fruta. Existem mais de 14.000 componentes químicos fotolíticos em cada um desses alimentos (a ciência moderna apenas estudou e nomeou cerca de 141).

Figos estão cheios de sementes e estão pendurados aos pares quando crescem. Os figos aumentam a mobilidade e aumentam o número de esperma masculino, assim como ajudam a combater a esterilidade masculina.




As batatas doces são idênticas ao pâncreas e de fato equilibram o índice glicémico de diabéticos.


Azeitonas ajudam a saúde e o funcionamento dos ovários.


Toranjas, laranjas e outros citrinos assemelham-se a glândulas mamárias femininas e realmente ajudam à saúde das mamas e à circulação linfática, dentro e fora das mamas.


As cebolas parecem células do corpo. A investigação atual mostra que a cebola ajuda a limpar materiais excedentes de todas as células corporais. Até produzem lágrimas que lavam as camadas epiteliais dos olhos...

Não sei se isso é verídico, mas não restam dúvidas o remédio para nossos males estão todos na Natureza. Por isso esses alimentos só fazem bem desde que LIVRES DE AGROTÓXICOS - ORGÂNICOS. 

terça-feira, 8 de março de 2011

Cadastro nacional registra 10 mil produtores orgânicos regularizados


Publicação: 24/02/2011 19:22 Atualização: 24/02/2011 19:25
Cerca de 10 mil agricultores que trabalham com produtos orgânicos estão regularizados desde o fim do ano passado, prazo dado ao setor para a adequação às regras estabelecidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Segundo o coordenador de Agroecologia do ministério, Rogério Dias, a expectativa agora é que, até abril, a base de dados do Cadastro Nacional de Orgânicos esteja disponível na internet a toda a sociedade.

“Pretendemos colocar o cadastro no sistema do Mapa [sigla do ministério] na próxima semana e, depois de acrescentar algumas informações e checá-las, acredito que, em um mês, [o cadastro] estará à disposição da sociedade”, afirmou Dias. Segundo ele, o principal objetivo do cadastro é possibilitar o controle social da produção orgânica no país.

O consumidor poderá obter informações variadas, como a quantidade de produtores orgânicos em cada região, municípios onde atuam, variedades produzidas e se determinado agricultor que lhe fornece alimentos está cadastrado no banco de dados. O sistema, que será acessado pelo site do ministério, deve ser atualizado periodicamente pelas certificadoras que atestam a produção orgânica.

O coordenador disse que, até o final do ano, o ministério pretende cadastrar todo o universo de produtores orgânicos, estimado de 15 mil agricultores. Segundo ele, cerca de 80% desse total são agricultores familiares. Segundo ele, a escassez de dados dificulta a mensuração e elaboração de políticas públicas para o setor. Mesmo trabalhando com um número que pode estar subestimado, Dias acredita que pode haver uma surpresa positiva em relação à quantidade de produtores na atividade orgânica.

Na produção orgânica, não podem ser usados agrotóxicos, adubos químicos e sementes transgênicas, e os animais devem ser criados sem uso de hormônios de crescimento e outras drogas, como antibióticos. O agricultor regularizado obterá o selo do Sistema Brasileiro de Avaliação de Conformidade Orgânica, que o consumidor verá ao comprar esses alimentos, tendo a segurança de que eles foram fiscalizados e aprovados.

A importância do sentimento de quem prepara o alimento



Em nome da economia, da praticidade, da rapidez , perdeu-se o sabor, a beleza, o perfume, a crocância natural e o enorme prazer de preparar com suas próprias mãos uma refeição para a família. Nossos 5 sentidos foram colocados de lado, a energia gerada pelo alimento empobreceu.

Quem perdeu com isso? A Vida.

Infelizmente as consequências não são sentidas na hora, o efeito da química do alimento é acumulativo, e aliando-se  a outros fatores, pouco a pouco vamos ficando doentes, física, mental e emocionalmente. Assim surgem diversos tipos de câncer, artroses, reumatismos, doenças nos nervos, síndromes, depressão, hiper atividade. O corpo se abate, a mente anuvia, vamos ficando cada vez mais apáticos, nossa vontade cada vez mais influenciada negativamente.

Temos que rever um posicionamento herdado de uma revolução feminista, que como toda boa revolução parte para os extremos para se chegar ao equilíbrio.

Nossa geração aprendeu que deveríamos refutar tudo o que lembrasse a "servidão" da mulher. Assim deixamos de lado máquinas de costura, agulhas de tricot e crochê, panelas, etc. Essas aptidões passaram a ser encaradas como coisas menores, tinha-se orgulho até em dizer " nem sei onde fica a cozinha da minha casa", não é assim? A mulher saiu para a batalha, para se igualar e até superar o homem. Conseguiu ... mas é feliz?

Comparando à Natureza, a essencia da mulher é a Terra, aquela que gera, que dá vida, que sonha. A essência do homem é a do Agricultor, que cuida da Terra, que provê, que luta para realizar o sonho. Um completa o outro.

Preparar uma refeição para a família, está longe de ser um papel menor, é um arte, um encantamento. Ao calor do fogo misturam-se ingredientes e desejos, sonha-se o futuro dos filhos, projeta-se a relação com o marido, fortalecem-se os elos de uma verdadeira família. 

Querem um exemplo de quanto isso é forte? 

Quem não tem na lembrança o sabor de um prato especial da infância, que a avó, a tia ou a mãe faziam e que hoje ninguém consegue imitar?

A receita era diferente? Não, o ingrediente especial era o sentimento colocado. Longe de mim querer levantar a bandeira da mulher submissa, eu também trabalho fora, eu também me realizo, deve sim haver um equilíbrio.

A arte da culinária está sendo redescoberta até como terapia, não é necessário despender horas para se preparar um alimento, eu mesma tenho um livro Consciência na Alimentação - Nutrir é alimentar a Vida de VIDA, com mais de 100 receitas quase todas de liquidificador, tudo rápido, saboroso e saudável, fruto de minha própria experiência como dona de casa e profissional.  Só uma coisinha mais para ressaltar: os homens já descobriram os encantos de se preparar um jantarzinho à luz de velas, cuidado meninas!!!

Não é à toa que bruxas e magos vivem preparando poções diante de um caldeirão. Afinal, magia e culinária sempre estiveram intimamente relacionadas. Preparar um jantar e conseguir depositar na comida todas suas intenções é a fórmula certa para se chegar àquela refeição mágica, que encanta e conquista.

Para que se possa alegrar a pessoa a quem vai ser oferecida a comida, é preciso eliminar o pensamento arrogante de que cozinhar chateia, de que é trabalhoso.

Quando a pessoa que prepara a comida, entender que ALIMENTO É VIDA, nasce naturalmente o senso de responsabilidade de que em suas mãos, de certo modo, está a vida das pessoas. Em conseqüência , surgirá a relutância em utilizar alimentos processados, nos quais são usados descontroladamente aditivos químicos, prejudiciais à saúde, bem como, elaborar alimentos instantâneos, alegando economia de tempo.
A pessoa que prepara a refeição com sinceridade não só apreende o valor da vida através dos alimentos, como também se relaciona com a energia da vida que preenche o Universo. Em outros termos, liga-se ao poder de Deus.
Nadia Cozzi

Relação Custo X Benefìcio:



Os produtos puros são muito mais caros: essa é a grande queixa do consumidor. 
Mas será que isso é mesmo verdade?
1) Os produtos orgânicos são mais nutritivos : um produto orgânico tem em média 65% mais de nutrientes que o convencional.Um frango caipira perde 8% de água ao cozinhar, enquanto que o convencional perde 40% , o que se explica pois o promotor de crescimento retém líquido no organismo.
2) A química presente nos alimentos vai pouco a pouco minando a saúde física, mental e emocional do ser humano.
3) O alimento orgânico não polui o meio ambiente, não destrói a fauna e a flora,tem por traz um grande projeto de responsabilidade social, não utiliza mão de obra infantil, valoriza as pequenas propriedades diminuindo o êxodo rural, um dos problemas sociais das grandes cidades.

Por tudo isso já valeria a pena investir nos alimentos orgânicos.Mas, o que quero ressaltar é o que se valoriza realmente na sociedade atual. Acha-se caro um pé de alface orgânico, mas compra-se pelo mesmo preço um pacote de salgadinho, um refrigerante, um pastel de feira. Sem falar naquelas pessoas que reclamam do preço dos orgânicos, mas vestem jeans, sapatos e acessórios de grife, e usam shampoos e cremes caríssimos.

Será que nossos valores não estão de ponta cabeça? 
A Vida é nosso bem mais precioso, cuidem dela por favor. Repensem atitudes e valores, a felicidade é simples e mora dentro de nós. Resgatem o sabor da Vida.
                                                                                Nadia Cozzi





RESÍDUOS DE ÓLEOS ALIMENTARES!!! IMPORTANTÍSSIMO!!!

Mesmo que não façamos muitas frituras, quando o fazemos, jogamos o óleo na pia ou por outro ralo, certo?
ERRADO!!!!!!

Este é um dos maiores erros que podemos cometer. Porque fazemos isto, perguntam vocês? Porque infelizmente ninguém
nos diz como fazer, ou não nos informamos. Sendo assim, o melhor que tem a fazer é colocar os óleos utilizados numa daquelas garrafas de plástico (por exemplo as garrafas pet de refrigerantes), fecha-las e coloca-las no lixo normal (ou seja, o orgânico). Todo lixo orgânico que colocamos no sacos vai
para um local onde são abertos e triados. Assim, as nossas garrafinhas são abertas e vazadas no local adequado, em vez de irem juntamente com os esgotos para uma ETA e ser necessário despender milhares de reais a mais para o seu tratamento.

UM LITRO DE ÓLEO CONTAMINA CERCA DE 1 MILHÃO DE LITROS DE ÁGUA
(o equivalente ao consumo de uma pessoa no período de 14 anos).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Feiras Orgânicas