Orgânicos para uma vida e mundo melhor!


Por: Joop Stoltenborg no Site do Sítio A Boa Terra

Um estudo de 30 anos mostra que a produção orgânica é vital para a  humanidade e o Planeta. 

No ano de 1981 começou, no Instituto Rodale (EUA), um teste para comparar a produção orgânica com a produção convencional. Para isso iniciaram, em três glebas da fazenda do Instituto em Emaus, Pensilvânia, três diferentes sistemas de produção. O primeiro com produção orgânica, baseado em esterco e composto. O segundo com produção orgânica, baseado em leguminosas e cereais e o terceiro com o sistema convencional, baseado em produtos sintéticos (adubos químicos e agrotóxicos), inclusive milho e soja transgênicos. Em ambos, orgânico e convencional, era usado plantio direto, quer dizer, sem revolver a terra com arado, grade ou enxada rotativa. O sistema de rotação nos orgânicos teve maior diversidade que no convencional, com até sete culturas diferentes em oito anos. Durante 30 anos anotaram minuciosamente a produção, o uso de energia, a produção de gases estufa e o lucro de cada gleba. 
 
Conclusões
 
A produção de ambos os sistemas se mostrou igual. Porém o orgânico mostrou produção 31% mais alta em ano de seca moderada.

O orgânico usa 45% menos energia, portanto é bem mais eficiente.

O convencional produz 40% mais gás de efeito estufa, que piora o aquecimento global.

A saúde da terra, que é medida pelo crescimento da quantidade de carbono e vida no solo, se mostra bem maior na produção orgânica. A gleba, no sistema convencional, sofreu uma perda de carbono no solo.
 
As terras orgânicas drenam a água das chuvas 15 a 20% melhor do que o solo cultivado no sistema convencional. Quer dizer, o cultivo orgânico gera menos erosão, contribuindo para a preservação da camada fértil do solo no Planeta. 
 
Há muito mais conclusões no relatório: www.rodaleinsitute.org/fst30years  .  Vale a pena conhecer. O relatório fecha com as seguintes palavras: 
 
“Após trinta anos de uma rigorosa comparação lado a lado, o Instituto Rodale conclui, de modo confiável, que os métodos orgânicos estão melhorando a qualidade da nossa alimentação, melhorando a saúde de nossos solos e água e melhorando a zona rural da nossa nação. A agricultura orgânica cria mais empregos, proporcionando uma renda digna para os agricultores da qual se pode viver e restaura a confiança dos Estados Unidos em nossa comunidade agrícola e sistema alimentar.”
 
É por isso mesmo que adotamos no Sítio A Boa Terra o lema: ”Alimentos orgânicos, saúde para você, vida para o Planeta!”.

Comentários

Postagens mais visitadas