quinta-feira, 31 de maio de 2012

Os males da DIOXINA


Dioxina Carcinogênica causa especialmente câncer da mama.
Não congele a sua água em garrafas ou utensílios de plástico, pois isso provoca a liberação de dioxina do plástico.  Edward Fujimoto, médico do Castle Hospital, foi entrevistado por um programa de TV explicando este alerta de saúde. Ele é o gerente do Programa de Bem Estar/Programa de Promoção da Saúde do hospital) Ele falou sobre a Dioxina e seu risco de saúde para nós.
Ele mencionou que não devemos esquentar alimentos em vasilhames de plástico no forno de microondas.  Isto é aplicável para alimentos que contém gordura.
Ele mencionou que a combinação de gordura, alta temperatura e plástico, libera a dioxina no alimento e por fim, vai parar nas células do nosso corpo.  Dioxinas são carcinógenos altamente tóxicos.
Ele recomenda o uso de refratário de vidro, pirex ou porcelana para aquecer alimentos. Você tem o mesmo resultado...  sem as dioxinas.  Sopas Lamen que adiciona água quente no invólucro de isopor ou qualquer tipo de comida semi-pronta/ congelada com invólucro de plástico, próprio para ir ao forno ou microondas, deveriam ser retiradas para outro tipo de vasilhame mencionado e aquecidas.  Invólucro de papel não é ruim,mas não sabemos o que o papel pode conter, então, seria mais seguro utilizar refratário de vidro, pirex ou porcelana.  Vocês devem se lembrar quando alguns restaurantes fast-food (MacDonalds) trocaram o invólucro de isopor pelo de papel.
O problema da dioxina seria um dos motivos.  Para acrescentar, filme-plástico (saran wrap) utilizado para proteger e cobrir alimentos, quando aquecidos podem na verdade respingar toxina venenosa (contida no plástico) no alimento a ser esquentado junto com o vapor condensado. Use papel toalha, é mais seguro.

As cores dos alimentos e suas qualidades



Amarelo: Ácido clorogênico, betacaroteno e vitamina B3.
São antioxidantes, bons para o coração e para o sistema nervoso.

Branco: Cálcio e potássio.
Bons para o coração, músculos, ossos e sistemanervoso.

Marrons: Vitaminas B e E.
São anticancerígenos, combatem a ansiedade e a depressão,
bons para o coração e intestinos.

Roxos: Ácido elágico.
São anticancerígenos e rejuvenescedores.

Verdes: clorofila e vitamina A.
São anticancerígenos, desintoxicantes,
bons para o coração, cabelo e pele.

Vermelhos: Antocianina e licopeno.
São oxidantes e bons para a circulação.

Por: Valéria Goulart, endocrinologista, nutróloga ortomolecular e especialista em tratamentos anti-idade. www.valeriagoulart.com.br

Os 10 alimentos mais poderosos para rejuvenescer:



Maçã
Uva
Aveia
Alho
Azeite de oliva
Tomate
Castanha do para
Iogurte
Semente de linhaça
Por: Valéria Goulart, endocrinologista, nutróloga ortomolecular e especialista em tratamentos anti-idade. www.valeriagoulart.com.br

Os 10 alimentos mais poderosos para emagrecer:

 
Que tal comer e ainda perder uns quilinhos heim?
Abacaxi
Laranja
Café
Chá verde
Água gelada
Pimenta vermelha
Gengibre
Vinagre de maçã
Vegetais fibrosos (brócolis, acelga, couve)
Peixes 

Por: Valéria Goulart, endocrinologista, nutróloga ortomolecular e especialista em tratamentos anti-idade. www.valeriagoulart.com.br

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Alimentos não saudáveis podem receber uma taxa extra

Por Blog da Saúde

Última pesquisa da Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) mostrou que quase 16% da nossa população está obesa. Os Estados Unidos já ultrapassou essa porcentagem e hoje tem 27% dos americanos na faixa de obesidade. Diversos países discutem medidas a serem tomadas para proporcionar uma alimentação mais balanceada à população e reduzir o peso de seus habitantes.
Pesquisadores da Universidade de Oxford e da City University de Londres sugerem cobrar uma sobretaxa de 20% para alimentos que possuem alto teor de gordura, açúcar, sal e refrigerantes. A medida seria acompanhada de subsídios para baixar preços de alimentos saudáveis. Entretanto, o mais viável seria se as empresas reduzissem os teores de sódio e gordura saturada em seus produtos.
Com base em estudos econômicos, pode-se esperar que ocorra uma queda de 3,5% nos níveis de obesidade nos EUA se a medida for adotada.
Entretanto, acredita-se que existem providências mais simples a serem tomadas antes de recorrer à sobretaxa. “É preciso garantir informações nutricionais claras ao consumidor e restringir a publicidade desses alimentos,” defende Lisa Gunn, coordenadora executiva do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa ao Consumidor), à Folha.
Na França, além de cobrar uma taxa extra sobre refrigerantes, um novo projeto de lei quer obrigar uma legenda nos cardápios de restaurantes. Informações sobre o prato devem mostrar ao cliente se ele está consumindo algo congelado, enlatado ou fresco.
Um dos países que já aderiu à sobretaxa é a Hungria, onde alimentos considerados não saudáveis, álcool, refrigerantes, energéticos e cafeína já possuem valor elevado. Na Dinamarca, uma taxa extra é aplicada em alimentos com alto teor de gordura saturada.
No Brasil, a Abia (Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação) juntamente com o Ministério da Saúde já cortaram 230 mil toneladas de gordura trans dos alimentos.
E você? Que medidas tem tomado para garantir uma alimentação mais saudável em sua casa?

Alimentos que ajudam na hidratação diária


Por dia, eliminamos 1,5L a 2L de água pela urina e o equivalente a um copo na transpiração. Portanto, para manter o bom funcionamento do corpo, precisamos nos hidratar. Quando ingerimos a quantidade certa de água, a nossa digestão é facilitada, as unhas e cabelos ficam fortes, as infecções são reduzidas, a temperatura corpórea regulariza, a desintoxicação é agilizada e também nos prevenimos da celulite.
A história de que precisamos de 8 copos de água por dia é relativa. Cada pessoa precisa de uma quantidade diferente, dependendo da sua idade, tamanho e sexo. Mulheres entre 14 e 70 anos necessitam de 2,5L de água por dia. Homens da mesma faixa etária precisam de 3,5L. Crianças até a adolescência devem ingerir pelo menos 1L por dia.
Para satisfazer a necessidade de hidratação, temos alguns alimentos úmidos que podem complementar os copos de água.  Por exemplo, uma alface é constituída de 95% de H2O, assim como o tomate cru com semente.
Segue uma lista de alguns alimentos que possuem grandes quantidades de água:

Imagem: EcoDesenvolvimento



























* Fique alerta a quantidade de litros de água que você precisa beber. Os alimentos servem como um complemento.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Crianças abaixo de 1 ano não devem consumir mingau

Além disso temos que ver se o símbolo dos Transgênicos não está bem escondidinho nas embalagens.

 
Foto: Divulgação

Análise em 12 produtos, feita pela Pro Teste, mostra que eles contêm excesso de açúcar e menos nutrientes do que informam nos rótulos.

O tradicional mingau deve ser evitado antes de o bebê ter 1 ano de idade - A afirmação é da Associação Brasileira do Consumidor (Pro Teste), que testou 12 complementos alimentares à base de cereais para crianças.

Os produtos contêm excesso de açúcar e quantidade inadequada de nutrientes. Segundo a Pro Teste, para uma nutrição adequada, cada produto tem uma idade recomendada que, muitas vezes, não é a que o fabricante aponta. O que chamou mais atenção no teste foi o Cremogema, que para os pesquisadores só deve ser consumido por crianças a partir de 7 anos, por ter o mais alto nível de açúcar entre os produtos avaliados.

A Maizena Arrozina Amido de Milho com Farinha de Arroz é o único dos produtos analisados que traz no rótulo indicação correta da idade ideal para o consumo (3 anos). Os três mingaus Mucilon pesquisados, da Nestlé, têm na embalagem a indicação de que podem ser consumidos a partir dos 6 meses de idade. E os demais produtos não trazem qualquer indicação de idade.

O Ministério da Saúde recomenda que até os 6 meses os bebês sejam alimentados apenas com leite materno. Segundo a pediatra Maria Cristina Duarte, isso evita desequilíbrio no metabolismo do bebê. A nutricionista do Hospital Israelita Denise Morcillo alerta que o mingau não deve substituir o almoço ou o jantar. “É apenas um lanche para emergência que, quando possível, deve ser substituído por fruta ou pequeno sanduíche.”

A Nestlé e a Unilever (responsável pela fabricação do Cremogena) alegam cumprir parâmetros internos de qualidade. As demais empresas não comentaram a pesquisa.

IDADES

Veja abaixo a relação de produtos adequados a cada faixa etária segundo o teste.

A PARTIR DE 1 ANO
Quaker Aveia Flocos Finos, Yoki Creme de Arroz, Neston Aveia Flocos Finos, Quaker Farinha de Aveia, Maizena Amido de Milho.

A PARTIR DOS 3 ANOS
Maizena Arrozina Amido de Milho com Farinha de Arroz. Este é o único dos produto pesquisados que apresenta a idade correta para consumo na embalagem.

A PARTIR DOS 4 ANOS
Vitalon Turma da Mônica Mingau de 6 Cereais, Vitalon Turma da Mônica Arroz, Mucilon Arroz, Mucilon Arroz e Aveia, Mucilon Multicereais.

A PARTIR DOS 7 ANOS
Maizena Cremogema (à base de milho).

Fonte: O Dia Online

Leia para se informar melhor: Crianças não precisam de transgênicos. Examine bem as embalagens.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Era uma vez a comida de verdade




Houve um tempo em que tudo era mais simples... Arroz era simplesmente arroz, feijão era feijão mesmo e nós comíamos muito bem. Hoje em dia vivemos o paradoxo entre a evolução tecnológica da cozinha e seus exageros desnecessários.

Impossível negar que é muito interessante quebrar paradigmas, experimentar novos sabores e texturas, mas não a ponto de comprometer nossas lembranças. Eu bem me recordo do saboroso requeijão cremoso, pingando pelos lados do pão. Isso antes do queijo ser substituído pelo amido e o sabor ir embora de vez – Quanta diferença!

Pensando nisso a indústria de alimentos também se antecipou criando produtos com ditos sabores mais caseiros, como “frango caipira”, “arroz soltinho” e “canjinha”. Mais uma vez apenas réplicas artificiais de um grande valor familiar: a comida caseira.

Não faz muito tempo havia um comercial onde um belo frango assado fumegante acompanhado de legumes fresquinhos era jogado numa espécie de máquina trituradora, gerando como resultado nada menos que um prato de macarrão instantâneo sabor frango. Piada, né?

Eu não sei se somente eu me incomodo com esse tipo de propaganda, mas acho que deveríamos começar a refletir sobre o quanto essas informações podem ser danosas na construção da memória alimentar de toda uma geração. Não é raro ouvir crianças alegando que estão comendo frutas através do recheio dos biscoitos. E esses pacotes de sopa instantânea, como é difícil de explicar que aquilo não é uma sopa de legumes, mas uma sopa de sódio!

Contra o argumento do excesso de sal, açúcar e gordura a indústria de alimentos também pensou e criou versões mais “saudáveis” dos seus produtos danosos. Infelizmente o apelo comercial desses produtos é tão forte que não permitem uma pequena olhada na composição nutricional presente no rótulo, onde consta apenas uma sutil diminuição de valores já muito altos e que não representam de fato uma segurança para o consumo.

Mas nem tudo é só erro. A indústria também nos facilitou muitas experiências... As técnicas de conservação viabilizaram conhecermos sabores distantes, ampliamos nosso mundo ao provarmos delícias antes tão exóticas e hoje já parte do nosso cotidiano. Isso é inegável! Não vamos discutir algumas modificações necessárias para que tenhamos acesso a um maior número de ingredientes, porém não me canso de defender a comida com cara de comida, com gosto de comida e sendo comida de verdade.

Antes de sair comprando tudo o que a televisão ou os cartazes coloridos dos supermercados mostram, vamos refletir um pouco sobre as sensações que buscamos numa refeição e que aprendizado queremos transmitir para nossa família diante do prato servido.

É importante lembrar que alimentação faz parte da nossa educação, da nossa história. Se substituirmos nossos hábitos alimentares por sabores artificiais acabamos por perder a nossa identidade, nossas raízes. Não há nada demais em facilitar a vida de vez em quando, mas procure sempre refletir sobre o estilo de vida que deseja adotar.

Bom apetite!

Nutr. Juliana Braga - Salvador – BA
juliana.nut@bol.com.br

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Primeiros queijos Orgânicos do Pão de Açúcar - lançamento Bio Brazil Fair


O Pão de Açúcar apresentará em seu estande na Bio Brazil Fair 2012 os lançamentos dos primeiros queijos orgânicos da marca Taeq: Minas Frescal e Ricota Fresca. As novidades são produzidas com leite pasteurizado orgânico proveniente de uma única fazenda no interior de São Paulo. “Este é um primeiro passo para o lançamento de uma linha de queijos orgânicos Taeq. Até o final do ano, outros produtos serão lançados, como o queijo mussarela e o requeijão, ampliando assim, nosso mix de soluções aos consumidores”, comenta Mariana Rangel,Gerente das Marcas Exclusivas do Grupo Pão de Açúcar. Além desses produtos, a Taeq levará a Bio Brazil Fair os seus últimos lançamentos: Iogurte Orgânico e Suco orgânico de uva bordô.

Durante a feira, o Pão de Açúcar irá expor e comercializar cerca de 200 produtos orgânicos, entre cereais, geléias, sucos palmito, massa, torradas, açúcar e café. A rede foi a primeira varejista a reconhecer o potencial deste mercado há cerca de 20 anos, quando foi iniciado um trabalho de parceria com vários fornecedores. Essa ação contribuiu com a maior oferta e o sortimento de produtos. Com o crescimento de vendas em cerca de 30% ao ano em itens orgânicos, hoje a rede conta com sortimento de 650 itens, além de uma seção exclusiva no Pão de Açúcar Delivery

Guarapiranga Sustentável na AAO


segunda-feira, 7 de maio de 2012

Alimentos ricos em Potássio

Fonte: Rita Souza Blog

O potássio é um mineral necessário para nosso organismo. Ele tem um papel importante no funcionamento do músculo cardíaco e na libertação de insulina.
Sua Carência pode provocar desequilíbrio interno, fatiga, tonturas, fraqueza muscular, e ainda pode causar arritmia cardíaca.

Relacionamos aqui frutas, verduras, legumes, grãos e frutas secas ricas em potássio, sempre lembrando "PREFIRA ALIMENTOS ORGÂNICOS, não envenene seu corpo e o Planeta com agrotóxicos e sementes transgênicas" .

Veja algumas frutas ricas em potássio


Damasco, acaí, abacaxi, ameixa,banana, cereja, coco, framboesa, graviola, laranja, limão, maçã, mamão, manga, melancia, melão, morango, kiwi, pêra, pêssego, umbu, uva

Legumes ricos em potássio



Abóbora, acelga, alcachofra, alface, alho, aipo, batata, batata-doce, beterraba, cebola, cenoura, cogumelos, couve, ervilha, espinafre fava, inhame, salsa, pimentão, pepino, tomate

Cereais e leguminosas rica em potássio



Arroz, feijão, girassol, grão-de-bico, lentilhas

Frutos secos rico em potássio



Avelã, castanhas, noz, tâmara, uva-passas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Feiras Orgânicas