sexta-feira, 19 de abril de 2013

É óbvio que Margarina é mais saudável do que Manteiga! Ou não?

Gente achei um site maravilhoso que faz uma verdadeira dissecação nos rótulos dos alimentos, explicando direitinho o que tem dentro da embalagem. Agora só  seremos enganados se quisermos, até porque se não tiver o produto que vc quer pesquisar eles pesquisam para vc.

O nome do Site é Fechando o Zíper. Parabéns pessoal!




Vamos ver se esse filme já não passou pela sua casa também…

Consumia-se MANTEIGA, porque seus pais utilizavam quando pequenos assim como seus avós e todo o restante dos seus antecedentes… Todos apreciavam o gosto daquela manteiga derretida no pão quentinho pela manhã.

Um belo dia, descobriu-se que a gordura SATURADA presente na manteiga fazia mal ao coração, então a indústria alimentícia inventou a MARGARINA! Aí os pais sabidos bem que diziam desconfiar da tal manteiga dos dias atuais, que devia fazer mal mesmo, até porque “nem rançosa ficava”! E passaram a adotar a margarina, afinal era super cremosa e até mais fácil de passar no pão de todos os dias.

Até que chegou o FDA (órgão norte-americano que controla alimentos e medicamentos) determinando que a quantidade de gordura TRANS contida nos alimentos, inclusive na nossa margarina, fosse expressa na embalagem por TAMBÉM aumentar o risco de doenças no coração.

E agora?!


Agora a indústria descobriu a gordura INTERESTERIFICADA que nada mais é que misturar gordura saturada com óleos vegetais para dar ao óleo uma consistência mais sólida a temperatura ambiente e que se derreta ao cozinhar.

Estudos são inconclusivos sobre os possíveis riscos/benefícios do consumo da gordura interesterificada. Alguns afirmam que pode reduzir a secreção de insulina, hormônio responsável pelo controle do “açúcar no sangue” (glicose sanguínea).

Até o momento, nada de alarde quanto a essa gordura ou obrigatoriedade de aparecer no rótulo, mas essa historinha tem se repetido, não é mesmo?

Então, fiquem ligados! Na lista de ingredientes a gordura interesterificada pode se fantasiar de “óleo de soja interesterificado” e “rico em estearato“. E a gordura trans também pode aparecer disfaçada de “óleo vegetal hidrogenado” ou “óleo vegetal parcialmente hidrogenada“.

Nossa, falamos falamos, mas não mostramos nada em relação aos produtos! A gordura interesterificada vem sendo substituída nos produtos que já levavam trans, então pode ser encontrada em bolos e biscoitos também!

Já que pegamos como exemplo a margarina e a manteiga, vamos às comparações das informações nutricionais:




  • Valor energético: da para considerar que as duas tem as mesmas calorias. Em uma colher de sopa, essa quantidade de calorias é bem alta.
  • Gorduras: percebam que a gordura total é praticamente a mesma nos dois produtos, o que diferencia é a qualidade da gordura. Como sabemos, quanto mais gorduras insaturadas (que são as mono e poliinsaturadas) e menos gordura saturada em um produto, melhor. Mas, lembre-se que a margarina apresenta a tal gordura interesterificada enquanto a manteiga não.
  • Colesterol: as empresas não são obrigadas a citar o colesterol a não ser que elas especifiquem 1 tipo de gordura além da saturada, a qual é obrigatória. A Qualy® quis ressaltar as gorduras boas da margarina, por isso informou no rótulo todos os tipos de gordura. Infelizmente a Aviação® não apresentou a quantidade de colesterol que a manteiga possui. Como ela é de origem animal, ela possui colesterol!
  • Sódio: pegamos os dois produtos na versão com sal para mostrar que em 1 colher de sopa do produto, ingerimos de 3 a 4% da quantidade máxima de sal diária. Por isso, sempre opte pela versão SEM SAL.
  • Vitamina A: informar a quantidade de vitamina é opcional no rótulo. É uma pena que a Aviação® não tenha citado a quantidade de vitamina A, pois a manteiga possui essa vitamina e o que normalmente ocorre é de adicionarem a vitamina A às margarinas para se equipararem à manteiga.

Vamos dar uma espiadinha nos ingredientes também:

Margarina: óleos vegetais líquidos interesterificados, água, leite em pó desnatado reconstituído, soro de leite em pó desnatado reconstituído, sal, vitamina A adicionada, estabilizantes, conservadores, antioxidantes, aroma idêntico ao natural de manteiga, corantes. Se leram até aqui, parabéns! Isso porque poupei vocês dos nomes de todos os “…antes” da lista de ingredientes

Manteiga: creme de leite, cloreto de sódio e corante natural de urucum INS 160b.

Que escolha difícil do que consumir, né! Com qual vocês ficam?


Agora você vai dizer "Ah, eu uso Becel é mais saudável, será mesmo?
Vamos ver o que a turma do Fechando Zíper fala? Acesse aqui.

2 comentários:

  1. Escolho azeite hehehe!! Para o pão normalmente uso manteiga, para fazer bolos a margarina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também Especialmente Gaspas. O azeite é usado há centenas de anos e faz muito bem à saúde. Abraços.

      Excluir

Faça seu comentário.
Ele nos ajuda a pesquisar os assuntos que interessam a você, leitor.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Feiras Orgânicas