segunda-feira, 22 de abril de 2013

Miojo: o que diria o Chico Bento se soubesse …


Publicado em  em Alimentação e Saúde por Paulo Guimarães

… que o miojo Turma da Mônica tem ovo em pó?


Analisamos dois tipos de macarrão instantâneo, de um mesmo fabricante.

A embalagem de um deles nos ensina que “A grande revolução das massas surgiu no Japão em 1958, quando o Sr. Momofuku Ando inventou o macarrão instantâneo.”

É difícil entender que revolução é essa, uma vez que o produto necessita de 3 minutos de cozimento enquanto que uma massa italiana convencional necessita de 5 a 8 e ambas necessitam que a água esteja fervendo, o que pode levar em torno de 3 a 5 minutos, dependendo da potência do fogo ou do micro-ondas. Ou seja, a diferença no tempo de preparo entre o instantâneo e o convencional é mínima.

Talvez o fato de o molho já vir pronto mais o marketing estimulem as pessoas a adotar esta opção. Ou será o fato de o molho utilizar três realçadores de sabor (e lá vem o glutamato monossódico) para ter sabor?

Enquanto isso, o Chico Bento, sem entender este processamento industrial todo, cortou a ração de água da Giselda e também os alimentos suculentos para ver se a coitada colocava algum ovo em pó. Peço que ninguém o avise sobre a existência de beterraba em pó no miojo, ele seria capaz de pedir demissão ao Maurício de Souza.Ficha dos Produtos e Ingredientes

Nome Comercial: Miojo Turma de Mônica.





Fabricante: Nissin – Ajinomoto Alimentos Ltda.

Aquisição: Aracaju – março de 2010.

Distância rodoviária da fabricação à aquisição: 2.202 Km (fabricado em Ibiúna / SP).

O Miojo Turma de Mônica contém 33 componentes no total

(35 se contados também os enriquecedores# das duas farinhas)

15 ingredientes:

5 na massa: farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico (mínimo 60%), gordura vegetal, fécula de mandioca (máximo 16,5%), sal, e ovo integral em pó.

10 no tempero em pó: sal, farinha de arroz, caldo de legumes, tomate em pó, cebola em pó (*), beterraba em pó, farinha de milho enriquecida com ferro e ácido fólico, alho em pó (*), condimento preparado pimenta (*), e gordura vegetal.

(*) Alimentos tratados por processo de irradiação.

18 aditivos: 2 reguladores de acidez: carbonato de potássio e carbonato de sódio (todos na massa); 4 vitaminas: PP (Niacina), B6 (Piridoxina), B2 (Riboflavina) e B1 (Tiamina) – todas na massa; 3 estabilizantes: tripolifosfato de sódio, pirofosfato tetrassódico e fosfato de sódio monobásico (todos na massa); 3 realçadores de sabor: glutamato monossódico, inosinato dissódico e guanilato dissódico (todos no tempero); 1 antiumectante: dióxido de silício (no tempero); 1 acidulante: ácido cítrico (no tempero); 4 corantes: beta-caroteno, páprica, caramelo e urucum (os 3 últimos no tempero).

Além da lista acima, o produto ainda pode conter traços de 7 outros componentes: aipo, soja, leite, camarão, peixe, mostarda e gergelim.

Nome Comercial: Miojo Cremoso – Sabor 4 queijos.

Fabricante: Nissin – Ajinomoto Alimentos Ltda.

Aquisição: Aracaju – março de 2010.

Distância rodoviária da fabricação à aquisição: 2.202 Km (fabricado em Ibiúna / SP).

O Miojo Cremoso contém 32 componentes no total

(34 se contados também os enriquecedores# da farinha)

21 ingredientes:

4 na massa: farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico (mínimo 60%), gordura vegetal, fécula de mandioca (máximo 16,5%) e sal,.

17 no tempero: farinha de arroz, sal, açúcar, preparado condimentado sabor queijo suíço, condimento preparado queijo, composto lácteo, preparação alimentícia sabor queijo parmesão, condimento preparado sabor requeijão, amido modificado, queijo em pó sabor gorgonzola, preparado condimentado sabor queijo (*), condimento preparado sabor queijo disperso em sal (*), condimento à base de extrato de levedura e sal, alho em pó (*), nós-moscada em pó (*), condimento preparado pimenta (*), e gordura vegetal.

(*) Alimentos tratados por processo de irradiação.

11 aditivos: 2 reguladores de acidez: carbonato de potássio e carbonato de sódio (ambos na massa); 3 estabilizantes: tripolifosfato de sódio, pirofosfato tetrassódico e fosfato de sódio monobásico (todos na massa); 3 realçadores de sabor: glutamato monossódico, inosinato dissódico e guanilato dissódico (todos no tempero); 1 antiumectante: dióxido de silício (no tempero); 1 aromatizante: não discriminado (no tempero); 1 corantes: beta-caroteno (na massa).

Contém glúten? SIM.

Você pode continuar adepto ou adepta do miojo, mas não tem mais a desculpa de dizer que não sabia o que a sua conveniência estava colocando para dentro do seu corpo.

Comentários adicionais:

Além dos ingredientes já citados, o produto ainda pode conter traços de 7 outros componentes: aipo, ovo, soja, camarão, peixe, mostarda e gergelim.

# – “enriquecedores” é um termo absolutamente inadequado. O termo correto seria “desempobrecedores”, uma vez que o ferro e o ácido fólico que são acrescidos à farinha refinada representam a reposição de uma pequena parte de tudo aquilo que foi perdido pelo trigo ao ser transformado em uma farinha branca muito pobre em termos alimentares.

Um simples cabelinho de anjo resolveria o problema de tempo e teríamos um alimento bem mais saudável. 
Nadia Cozzi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário.
Ele nos ajuda a pesquisar os assuntos que interessam a você, leitor.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Feiras Orgânicas