Coletiva da Imprensa do Encontro com fontes do Setor de Orgânicos

O nosso Grupo CoCriação, (representado por Adriana Zamberlan do Portal Webfilhos e por mim Nadia Cozzi do Site Alimento Puro),  esteve nesta 5ª. Feira dia 27/05 na Coletiva da Imprensa do Encontro com fontes do Setor de Orgânicos promovida pela AAO - Associação deAgricultura Orgânica de São Paulo, juntamente com o Instituto Kairós de ConsumoResponsável e o Instituto 5 Elementos.



Foi uma manhã excelente com um brunch super saudável, gostoso e claro, orgânico. Na presença de nossa Mestra Ana Primavesi, pudemos aprender muitas coisas e relembrar outras tantas. Os convidados foram profissionais especiais com uma enorme vontade de transformar o Mundo e que passam seus conhecimentos com a leveza de quem vive aquilo em seu dia a dia e por puro prazer.

Esse encontro estará disponível no Site da AAO, mas anotei algumas coisas que achei interessantes para dividir com os que nos acompanham, vamos lá?


Guaraci Diniz - Presidente da AAO-SP e produtor rural agroecológico há 25 anos no Sítio Duas Cachoeiras, em Amparo (SP), além de professor de educação ambiental.

O que é agricultura orgânica?
Ele nos chama a atenção de que sempre ao ouvirmos essa pergunta respondemos: é a que não utiliza agrotóxico!

Não, é aquela que promove a vida. Que vê o solo como um organismo vivo, e como tal deve ser cuidado em sua totalidade (terra, trabalhadores, biodiversidade, comunidade entorno)


Eric Slywitch - médico e mestre em nutrição. Especialista em Nutrologia, nutrição parenteral e enteral, pós-graduado em Nutrição Clínica e diretor do Departamento de Medicina e Nutrição da Sociedade Vegetariana Brasileira e autor de vários livros sobre o tema.

Alimentos orgânicos são mais nutritivos?
90% dos estudos são unânimes em comprovar que os alimentos orgânicos têm mais nutrientes que os convencionais. E ainda afirma que não é pouco, até 150% mais em alguns nutrientes. Compara a Agricultura convencional aos cuidados de uma criança super protegida, que se torna fraca.

A Agricultura orgânica tem que vencer suas dificuldades o que estimula seu sistema imunológico. A planta se protege e nós ganhamos os antioxidantes.


Carlos Armênio Khatounian - engenheiro agrônomo e professor-doutor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq-USP) nas áreas de agroecologia e agricultura orgânica.

Orgânicos podem alimentar o mundo?
Se for pela dieta norte americana não há solução com nenhum padrão tecnológico. Precisaremos de mais planetas disponíveis.

Se for uma alimentação saudável e localmente adaptada a Agricultura Orgânica pode sim alimentar o mundo. Com uma alimentação saudável um estudo da FAO aponta que a Alimentação Orgânica é capaz de alimentar 10 milhões de pessoas.



Rogério Dias – coordenador de Agroecologia do MAPA -Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Legislação de orgânicos e os números do setor no Brasil
O afastamento entre o Consumidor e o Produtor nas grandes cidades impede que se identifique o sistema de produção, por isso é necessária a certificação dos orgânicos. 85% da população mora nas zonas urbanas. A certificação é um mal necessário. A certificação foi feita para valorizar o produtor que planta orgânicos.


Ana Flávia Borges Badue - educadora ambiental, conselheira da AAO e membro do Instituto Kairós de Consumo Responsável.

Alimentos orgânicos são realmente mais caros?
Se um pé de alface custa R$1,50 e um convencional R$ 2,90, qual é o mais caro? Temos que pensar no custo benefício do alimento. Nesse caso, se considerarmos os impactos no meio ambiente e na saúde o pé de alface convencional tem um custo real de R$ 7,00.

  
 

"A Terra provê o suficiente para satisfazer as necessidades de todos os homens,mas não a sua ganância."   (Mahatma Gandhi)

Comentários

Postagens mais visitadas