Você conhece os vários tipos de açúcar?

Principais diferenças:
  • gosto, 
  • cor 
  • composição nutricional 
Quanto mais escuro é o açúcar, mais vitaminas e sais minerais ele tem, e mais perto do estado bruto ele está. 

Quanto mais branco e fino é o açúcar significa que recebeu aditivos químicos no processo da fabricação, no refinamento.
100 gramas de um açúcar bem escuro, o mascavo = 85 miligramas de cálcio, 29 miligramas de magnésio, 22 miligramas de fósforo e 346 miligramas de potássio. 
100 gramas de açúcar refinado (branco mais comum) = no máximo 2 miligramas de cada um desses nutrientes.

Processo de Refinamento:
A cana é a matéria-prima do açúcar. Antes de chegar à nossa mesa, a planta passa por diversas etapas de fabricação: 
  1. Moagem para extrair o caldo doce. 
  2. Purificação: o caldo é aquecido a 105 ºC e filtrado para barrar as impurezas. 
  3. Evaporação: o caldo vira um xarope e vai para o cozimento, onde aparecem os cristais de açúcar que a gente conhece. 
  4. Refinamento: os açúcares mais brancos recebem tratamentos químicos para melhorar seu gosto e seu aspecto. 
  5. Resultado final: açúcar em cristais, que se moldado e comprimido com o xarope de açúcar,vira açúcar em torrões. 
Outros açúcares:Além da cana, há açúcar nas frutas e no milho (a frutose) e no leite (a lactose). A beterraba é outra fonte de açúcar, mas tem um processo de extração diferente. Ela é mais popular na Europa.

Tipos de Açúcares:





Confeiteiro: cristais muito finos, usado em glacês e coberturas. Seu refinamento é sofisticado, inclui uma peneiragem e adição de amido de arroz, milho ou fosfato de cálcio para evitar que os minicristais se juntem 
novamente.

açúcar-orgânico




Orgânico: não utiliza ingredientes artificiais em nenhuma etapa do ciclo de produção, do plantio à industrialização. Não utiliza agrotóxicos no plantio da cana.






Refinado ou açúcar branco: mais comum, passa pelo refinamento onde aditivos químicos como o enxofre tornam o produto branco e delicioso. O lado ruim é que esse processo retira vitaminas e sais mineirais, deixando apenas as "calorias vazias" (sem nutrientes)




Mascavo: açúcar bruto, escuro e úmido, extraído depois do cozimento do caldo de cana. Como não é refinado, conserva o cálcio, o ferro e os sais minerais. 










Cristal: possui cristais grandes e transparentes, difíceis de dissolver em água. Passa apenas por um refinamento leve, que retira 90% dos sais minerais. Muito usado nas receitas de bolos e doces










Demerara: passa por um refinamento leve e não recebe nenhum aditivo químico. Por isso, seus grãos são marrom-claros e têm valores nutricionais altos, parecidos com os do açúcar mascavo.




Light: combinação do açúcar refinado com adoçantes artificiais, como o aspartame, o ciclamato e a sacarina, que quadruplicam o poder de adoçar.



Líquido: obtido pela mistura do açúcar refinado com a água. Usado em bebidas gasosas, balas e doces. 






Guia da Dieta   honeyspoon1 150x150 Xarope de frutose e glicose   açúcar a ser evitado


Frutose: extraído das frutas e do milho. 





açúcar-invertido
Açúcar invertido: resultante da combinação de glicose, frutose e sacarose. Não é vendido nos supermercados e é utilizado pela indústria alimentícia. Frutas em calda, sorvetes, balas e caramelos levam o ingrediente em sua composição.






Mel: fabricado pelas abelhas, rico em carboidratos, vitaminas do complexo B e minerais. Constituído por frutose e glicose, atua contra fungos e bactérias, além de dores de estômago e transtornos gastrointestinais mais sérios. 
Produzido na Natureza, o mel é o doce mais bem aceito pelo corpo, pode substituir o açúcar tanto para adoçar bebidas, como na hora de elaborar receitas na cozinha. Dê preferência ao mel orgânico, que não passa por processos industriais.



Impalpável: textura mais fina que o açúcar de confeiteiro por ser feito da moagem dele mais a adição de fécula de milho. Lembra mais uma farinha. Para fazer em casa bata no liquidificador 500g de açúcar de confeiteiro mais 03 colheres de sopa de amido de milho. Muito utilizado como ingrediente da massa americana, para o preparo de bolos e docinhos.(*) Como o amido de milho é transgênico substitua pela fécula de batata.




Açúcar Amarelo (yellow sugar): Resultado do processo de refinação sem a total eliminação do melaço. Isto lhe dá a cor amarela, o maior teor de umidade e um sabor mais pronunciado. Muito utilizado na Europa, é ótimo para confecção de doces e para adoçar bebidas. Importante lembrar que por ser mais doce e ter coloração interfere muito mais nas receitas.

Açúcar abaunilhado (ou vanilado) – Mistura de açúcar e ao menos 10% extrato seco de baunilha.Um produto bastante caro, muito bom para sobremesas. Dá um sabor único e o toque da baunilha. Facinho de fazer em casa. Ver a receita.


Açúcar Bruto: é o produto antes do melaço ser retirado.

Mascavado: é uma variedade do mascavo, castanho bem escuro e de sabor forte. Seus cristais são ligeiramente mais grossos e de textura mais rígida que os conhecidos com brow sugar.

Turbinado: O turbinado é o açúcar bruto que foi parcialmente transformado. Apenas o melaço da superfície é retirado. Seu sabor é de caramelo leve. Encontrado em restaurantes e lojas especializadas.  

Comentários

Postagens mais visitadas