O não tão doce açúcar ....

Todo mundo gosta de doce, e que ele alegra a vida, não podemos negar. Mas será que são os doces feitos em casa que fazem mal à saúde?

No artigo Açúcar: adoçando a história  contamos um pouco de como essa doçura chegou em nosso país e os diferentes tipos de açúcar que encontramos à venda. 

Falamos também que para adoçar nossos pratos e bebidas o ideal é o mel e a rapadura ralada orgânicos, lembramos que a banana, as tâmaras e as passas também fazem muito bem esse papel.E que na falta desses podemos utilizar o açúcar mascavo orgânico.

Em casa quando faço um doce ou adoço uma bebida, sempre diminuo a quantidade de açúcar que a receita pede e assim vamos acostumando nosso paladar a depender cada vez menos do sabor adocicado demais. 

Pois bem, mas e o açúcar que não podemos controlar? Aquele que está escondido nos alimentos industrializados, os verdadeiros vilões da saúde.

Achei um artigo bem legal na Mdemulher que explica bem as quantidades de açúcar saudáveis ao nosso organismo e o que ingerimos sem prestar atenção:

Açúcar: quantidade diária recomendada
De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) 25 gramas de açúcar por dia (cerca de seis colheres de chá) é o ideal para uma alimentação saudável.


Mas como será que o açúcar aparece nos alimentos industrializados?
  • Achocolatado em pó: 3 colheres (sopa) equivalem a 2 colheres (sopa) de açúcar. 
  • 2 balas de caramelo: 2 colheres (sopa) de açúcar.
  • 1 barra de chocolate ao leite (100g) : 3,5 colheres (sopa) de açúcar.
  • 1 barra de chocolate branco (100g): 4 colheres de sopa de açúcar
  • 1 barra de cereal: 1/2 colher de sopa de açúcar
  • 2 biscoitos recheados: 2 colheres de sopa de açúcar
  • Frutas cristalizadas (50g): 2,5 colheres de sopa de açúcar
  • 1 lata de refrigerante: 3 colheres de sopa de açúcar
  • 1 copo de suco industrializado: 1,5 colher de sopa de açúcar
  • 1 lata de leite condensado: 13 colheres de sopa de açúcar

Os outros nomes do açúcar:


Um produto sem açúcar não contém sacarose, mas pode conter outros tipos de açucares como o mel, o xarope de milho e a glicose, entre outros:

  • Maltodextrina, que não tem gosto doce e não é considerado um açúcar por lei - embora 100% se transforme em açúcar no organismo.
  • Maltitol: o produto pode receber a palavra DIET no rótulo e pode receber a expressão ZERO AÇÚCAR no rótulo, mesmo que seja CHEIO de maltitol, que eleva a glicose no sangue quase (75%) tanto quanto o açúcar!
  • Xarope de milho invertido/ glusose / frutose: adoçante concentrado, eleva triglicerídeos, causa obesidade e diabetes. Além de vir do milho que provavelmente é transgênico.
  • Acesulfame-K: duzentas vezes mais doce que o açúcar, pode causar câncer.

Qual é a saída?
Envolva-se com a sua alimentação e com a alimentação de sua família, leia os ingredientes,escolha comida de verdade, caseira. Tem muitas receitas fáceis e rápidas, ideais para quem está se iniciando na arte da culinária. Eu mesma tenho um blog  recheado delas, veja BioCulinária

O único jeito de tomar decisões conscientes é se informar, se educar, entender o que está colocando para dentro do seu corpo, a recompensa é saúde. Parodiando o Pequeno Príncipe, você é eternamente responsável por tudo aquilo que come.

Comentários

Postagens mais visitadas