Reforma da cozinha e refeitório do Hospital Regional traz qualidade da alimentação de pacientes e funcionários

Sexta, 13 de Janeiro de 2017 - 16:24
Fonte: A Crítica. NET



A cozinha, o refeitório e a câmara fria para armazenamento dos alimentos perecíveis foram totalmente reformados / Divulgação/Assessoria

As refeições do Hospital são preparadas conforme cardápio elaborado por nutricionista, e cada paciente recebe alimentação elaborada seguindo recomendações médicas
Entre as mudanças mais evidentes na nova gestão do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto em Campo Grande MT, além da reforma de toda a instituição e melhora do atendimento, estão as melhorias na cozinha e no refeitório, tanto na infraestrutura quanto na qualidade dos alimentos servidos aos pacientes e funcionários da instituição.

A cozinha, o refeitório e a câmara fria para armazenamento dos alimentos perecíveis foram totalmente reformados. Foram eliminados pontos de ferrugem, e substituídos armários, prateleiras, utensílios, mesas, cadeiras, e tudo o que não estava de acordo com as normas sanitárias exigidas. Hoje, por exemplo, há espaço específico destinado para recebimento e higienização dos alimentos antes de serem armazenados, e os funcionários também trabalham uniformizados e contam com instrumentos adequados para o preparo das refeições e com equipamentos de proteção individual que garantem segurança durante o trabalho.

As refeições do Hospital, agora mais nutritivas e balanceadas, são preparadas conforme cardápio elaborado por nutricionista, e cada paciente recebe alimentação elaborada seguindo recomendações médicas.

A dona de casa Ieda Sanches, 58 anos, destaca a qualidade da alimentação servida no Hospital após as mudanças. "Estive há cerca de três anos no Hospital Regional e digo que parece outro. Recebemos a alimentação nos horários certos, a comida é muito saborosa, nem parece de hospital. Até quando minha pressão sobe e eu preciso de comida sem sal, não fica ruim. Antes não dava para comer, não tinha gosto de nada", lembrou Ieda.

Se antes o local não comportava muitos servidores por conta da falta de mesas, cadeiras, e de climatização, com a reforma houve ampliação do refeitório, que agora é climatizado, a entrada e saída dos alimentos é realizada através de locais distintos, e o local foi totalmente adaptado para servir refeições de maneira adequada e com comodidade.

A coordenadora de Recursos Humanos, Andréa Rocha, 35 anos, trabalha há 11 anos no Hospital Regional Dr. José de Simone Netto e diz que, após a reforma da cozinha e refeitório, é possível se alimentar com mais tranquilidade. "Muitas vezes era preciso comer fora, consumindo alimentos não saudáveis e prejudicando minha saúde. As atuais condições de ambiente, higienizado e climatizado nos proporcionam mais segurança em consumir os alimentos, pois sabemos que tem qualidade. Além disso, nos oferecem uma variedade de alimentos saudáveis melhorando até o desenvolvimento do meu trabalho".

Todas as mudanças também melhoraram as condições de trabalho para os funcionários do refeitório.

Para a cozinheira do Hospital Regional, Maria Peralta, 43 anos, as condições de trabalho estão bem diferentes. "Eu trabalho como cozinheira aqui no Hospital desde 2013 e posso dizer que a mudança foi da água para o vinho, facilitou muito nosso trabalho e nos trouxe principalmente mais segurança. Hoje podemos fazer uma comida melhor. Alguns pacientes já vieram até a cozinha para agradecer pela qualidade. Isso me traz muita satisfação", finalizou.

Comentários

Postagens mais visitadas