sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Quintais Orgânicos contempla 20 famílias com mudas frutíferas

Programa da Embrapa em parceria com a Efasc coloca a produção familiar de alimentos livres de agrotóxicos em evidência
Foto: Bruno Pedry
Incentivo à produção de alimentos. Esse foi o recado deixado na manhã desta sexta-feira, 15, durante a 8ª entrega de Quintais Orgânicos, em parceria entre a Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul (Efasc) e a Embrapa Clima Temperado, de Pelotas, apoiado pela Eletrobras CGTEE e Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Famílias de 20 alunos foram contempladas neste ano. Eles acompanharam uma fala do doutor em fruticultura e coordenador do projeto, Fernando Rogério Costa Gomes, e da doutora em tecnologia de alimentos, Ana Cristina Richter Krolow, com informações sobre a produção orgânica, agroindustrialização, sustentabilidade no campo, desperdício de alimentos e segurança alimentar.
Para fazer parte do projeto, os estudantes precisam demonstrar interesse, em conjunto com as famílias. "É fundamental o gosto pela produção de frutas, que isso faça parte da cultura familiar. Alguns jovens não recebem as mudas no primeiro ano do Ensino Médio, mas são contemplados nos dois anos seguintes", explica o o coordenador da Efasc, João Paulo Reis Costa. Já foram disponibilizados 156 quintais em 11 municípios da região. A área plantada chega a 25 hectares. O monitor de produção agropecuária da Efasc, Evandro Silveira, salienta o ganho na formação dos estudantes, que fazem uma ligação entre a teoria e a prática. "É um complemento na alimentação das famílias e a produção de frutas poderá reverter em renda, com a venda do volume excedente".
Costa aponta que os quintais se transformam em área de estudo permanente para os alunos. Há um processo de preparação, como a escolha do terreno para o pomar, preocupação com a qualidade da terra, implantação de quebra-ventos e acompanhamento do desenvolvimento das mudas até a maturação dos frutos. "Um dos principais motivos da parceria continuar, mesmo sem recurso específico, é o aproveitamento dos quintais, comprovado pelo acompanhamento da Empraba por georreferenciamento. A avaliação dos técnicos é que os municípios da região se destacam pelo engajamento", observa. "Com as variedades disponíveis, há produção de frutas o ano todo. Temos jovens que já estão comercializando na vizinhança e em feiras rurais. Relatos de ex-alunos comprovam o sucesso da inserção das frutíferas na propriedade", complementa.
Frutas presentes no projeto Quintais: amora preta, araçá, ariticum, caqui, cereja, figo, goiaba, guabiju, guabiroba, jaboticaba, laranja, limão, pêssego, pitanga, romã, tangerina, uva e uvaia
Abrangência do projeto
- 170 municípios no Rio Grande do Sul
-  19 municípios em Santa Catarina
-  9 municípios no Paraná
-  Rivera e Artigas, no Uruguai

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário.
Ele nos ajuda a pesquisar os assuntos que interessam a você, leitor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Feiras Orgânicas